sexta-feira, 5 de março de 2010

Essa canção francesa

Música em francês sempre tem um lugar especial no meu coeur.
Thiago Pethit e Tiê - Essa canção francesa

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Audrey Kawasaki

Audrey Kawasaki é uma japonesa de 27 anos de LA que influenciada pelo estilo mangá e Art Noveau pinta formas femininas sobre madeira e mostra que é possível misturar inocência com sensualidade.
No live journal ela posta fotos do processo de criação, das novas obras e exposições. Dá para acompanhar o seu trabalho também pelo site oficial e pelo twitter.

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Vida de desespero dormente

Dizem que o destino não existe, mas existe; é você que o cria. E mesmo que o mundo continue por muitas eras você só está aqui por uma fração de segundo. A maior parte do seu tempo, você está morto ou ainda não nasceu. Mas enquanto está vivo, espera em vão, desperdiçando anos por um telefonema, uma carta, um olhar de alguém ou algo que deixe tudo bem. Mas nunca chega. Ou parece que chega, mas na verdade, não chega.
Então vive seu tempo em vago arrependimento ou na vaga esperança de que algo de bom aconteça, algo que o faça sentir-se conectado, que o faça sentir-se inteiro, algo que o faça sentir-se amado.
E a verdade é que me sinto tão zangado. E a verdade é que eu me sinto tão triste. E a verdade é que me sinto tão magoado por tanto tempo e por tanto tempo eu tenho fingido estar bem, só para seguir em frente. Só para… Eu não sei por quê! Talvez por que ninguém queira ouvir sobre a minha desgraça, porque todos têm suas próprias.
Charlie Kaufman em Sinédoque, Nova York

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Elephant Parade

Um garoto chamado Ido, um violão, uma garota chamada Estelle e um teclado, juntos formaram em 2005 a banda Elephant Parade. O primeiro álbum “Bedroom Recordings” tem nove canções e um bônus, todas gravadas em quartos do Brooklyn, onde a banda mora.
O segundo álbum “Home” está sendo terminado em Tel Aviv e algumas músicas já estão disponíveis no myspace deles.
Vale a pena conferir pra quem gostou da fórmula de Juno.

domingo, 24 de janeiro de 2010

Pause

Madrugadas de insônia foram feitas para avaliar a situação, estou provando isso constantemente. É a melhor hora do dia de momento não compartilhado; e saber que a cidade está ocupada dormindo e que absolutamente ninguém vai interromper a sua linha de pensamento é igual apertar a tecla pause.
Às vezes os pensamentos tomam proporções maiores e você começa a divagar que nesse exato momento tem um chinês nascendo e um japonês estudando. Na próxima divagação o world clock te ajuda com dados.
Até que o leste aperte o play e te lembre que a vida é maior do que o seu quarto.